Olá, amorees!
Como vocês estão?

Livro: 100 dias na Terra

Autora: Rúbia Albuquerque

Nota: 
Ano: 2017
Páginas: 220
Editora: UPBooks


Hoje o post é diferente, não é uma resenha como estão acostumados a encontrar aqui no blog e isso é por um bom motivo...
Tive uma emocionante experiência de leitura com o livro "100 dias na Terra" da Rúbia Albuquerque.
Recebi a obra em parceria com a UPBooks, isso faz alguns meses e só agora consegui concluir a leitura e irei explicar o porquê.

Este ano foi uma correria danada. Minha vida mudou muito!
Faculdade, trabalho e a falta de tempo para ler e escrever me deixou perdidinha! Vocês já passaram por isso?

Quando peguei esse livrinho para ler estava toda enrolada com trabalhos da faculdade e projetos da biblioteca onde trabalho que não conseguia me concentrar na leitura, sempre que abria o livro alguma coisa surgia na minha mente e eu ia lá anotar ou fazer. Fiquei muito frustada com isso! No mês de novembro li dois livros se não me engano, nem consegui colocar no skoob as leituras ainda. :(
Por tentar diversas vezes ler o bonito, decidi dar um tempo e deixar ele de lado.

Foi então que passei por umas coisas estranhas de ficar muito doente... toda semana acontecia alguma coisa comigo e eu já estava cansada psicologicamente e comecei a sentir um cansaço físico, meu humor começou a mudar e já não via graça em muitas coisas, tudo estava me chateando e não sabia mais a quem recorrer.
Nessa busca de não querer mais me sentir assim, em uma da minhas orações diárias me lembrei de um certo livro de capa azul... o que fiz vocês já sabem, né? Comecei a ler no dia seguinte e devorei! Sim, amores! Eu D-E-V-O-R-E-I a obra!


O que essa leitura me proporcionou em um momento um pouco complicado...?
Com um escrita realmente envolvente e calma, Albuquerque conseguiu me fazer pensar nos problemas dos outros e não só nos meus. Se eu estava passando por isso imagina as outras pessoas que passam por muito mais!
Minha questão não era só a Fé como o Calebe apresente a personagem Madú, mas acreditar em mim, buscar melhorar, ir atrás da solução e questionar, debater opiniões se for preciso e assim por diante!
Conforme fui lendo entendi e senti a dor de cada personagem, consegui sentir o choque de realidade das tragédias que estão ocorrendo pelo mundo.

O que eu quero dizer com isso é que ter Fé e acreditar em Deus é um passo para o milagre acontecer, vocês também precisam lutar! Precisam fazer a diferença, deixar a mente aberta e deixar-se levar pelas hipóteses que te levarão as certezas como aconteceu com a personagem Madú.

Calebe é o protagonista dessa história, ele não é do planeta Terra, ele está aqui para uma missão...
O mundo dos humanos é mais do que ele imaginava, seus debates entre os colegas de trabalho  são reflexivos, impressionantemente bem desenvolvidos e fundados.

O documentário do qual ele está trabalhando tem como propósito apresentar depoimentos de diversas pessoas do mundo que sofreram nesta vida, que viram a morte de perto... são ensinamentos diversos.

Cada depoimento é uma lágrima que cai de nossos olhos...

 Só posso complementar que recomendo a leitura para quem estiver disposto a abrir a mente e se deixar levar por esses personagens envolventes.

Calebe não é um personagem comum, ele está muito fora de ser e isso é fantástico.

Ambientado em uma porção de países a surpresa é garantida a cada capítulo.

Dou meus parabéns a autora Rúbia Albuquerque e agradeço a UPBooks pela oportunidade de ler "100 dias na Terra" que me foi dada.

Sinopse do livro para quem quiser saber mais:
Calebe é um morador de Lundi que tem como missão passar 100 dias no Planeta Terra enquanto recolhe informações para um relatório sobre como os habitantes do Planeta Terra estão sendo afetados pela Grande Guerra - um conflito entre o bem e o mal que já dura milênios.

Ao conseguir um trabalho como fotógrafo em um documentário, ele passa a maior parte do tempo viajando ao redor do mundo para contar histórias relacionadas a grandes tragédias. A equipe começa filmando no Brasil, conversando com parentes das vítimas de um grande acidente aéreo, depois Grécia, onde conhecerá histórias de refugiados e pessoas que procuram ajudá-los, Índia – país onde a cada 21 minutos uma mulher é estuprada, Indonésia, Malásia e Tailândia, países mais atingidos por um tsunami, Ruanda, com suas trágicas histórias do genocídio, França e suas marcas devido aos atentados terroristas e finalmente os Estados Unidos e as lembranças do 11 de setembro.
Calebe chega aqui com uma visão própria de um observador distante, mas isso logo muda enquanto ele vivencia novos sentimentos e situações ao conviver com pessoas daqui - especialmente uma colega de trabalho, Maria Eduarda, ou Madú.
Neste livro, ficção e realidade se misturam para trazer ao leitor não apenas momentos de entretenimento, mas também de reflexão em relação a si mesmo e o mundo em que vive.
Contem para mim.... teve algum livro que ajudou vocês a pensarem melhor em um momento complicado que estavam ou estão passando?


P.S.: Post especial.
Todos os comentários feitos até o dia 09/12  participarão de um sorteio de marcadores da editora UPBooks.
É só deixar um e-mail no final comentário para contato e pronto!
No dia 10/12 comento aqui quem foi o ganhador.
- Apenas um ganhador.

Espero que tenham gostado. 
Até o próximo post!
Beijuu
Keth

7 Comentários

  1. Achei bem interessante :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que livro interessante, tem uma premissa realmente diferente. Não costume ler gênero deste tipo geralmente, mas adorei sua resenha, me deixou curiosa para ler!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já me emocionei só imaginando o livro, imagine lendo os depoimentos.
    Quero muito ler.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi! Que linda sua opinião, só de saber que passa boas vibrações e pensamentos positivos me interessou. Essa capa é linda. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  5. Oi Keth, tudo bem?
    Já passei muitas vezes por isso de não conseguir focar nas leituras, é muito chato.
    O livro parece ser bem interessante, me chamou a tenção, mesmo eu não lendo muito do gênero.

    Beijos.

    www.adoroumlivro.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Keth!
    Vc trabalha em biblioteca, eu tbm 😍
    Que legal o livro ter te tocado dessa forma! N recebi esse da Upbooks ainda, mas fiquei muito animada pra ler com sua resenha!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que resenha emocionante, Keth!! Entendo bem como é isso de correria envolvendo faculdade e trabalho, e aí nos falta tempo pra ler, e quando até temos, bate aquela depre que não da vontade de fazer nada. O livro foi como um farol pra você, pelo visto. Conseguiu te tirar lá do fundo do poço e renovou a sua fé. É incrível a capacidade que determinados livros tem de mudar a nossa vida, nem que seja naquele momento em especial. Adorei mesmo a resenha, ficou linda! E essa capa é demais, com certeza a história também é sensacional

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar o seu comentário! ♥
Caso tenha um blog deixe aqui o link para eu conhecer. =)